Cresce demanda por stand-up pouch na América Latina

Pesquisas projetam expectativa de expansão de 9,30% para os próximos quatro anos

Pesquisas apontam crescimento significativo do segmento das embalagens stand-up pouch em toda a América Latina. Segundo levantamentos da empresa Aptar Food + Beverage, multinacional especializada em sistemas de dispensadores de embalagens, especificamente no nicho de alimentos, as projeções de expansão do formato são de 6,4%, (2017); 6%, (2018); 5,5% (2019); e 5%, (2020). No consolidado entre diversas categorias de produtos, dos próximos quatros anos, na comparação com outros modelos, a expectativa de crescimento regional do formato de stand-up pouch é de 9,30%.

De acordo com a empresa, essas projeções incentivam o desenvolvimento de inovações como a tampa Quick Flip, solução de dispensamento para embalagens flexíveis lançada pela da Aptar Food + Beverage. A solução é composta de peça única, o que torna o uso mais conveniente ao consumidor final. A abertura é feita com apenas uma das mãos e o fechamento realizado com único “clique”.

img-interna-tampas

 

“A aplicação de tampa em stand up pouch responde à crescente demanda por conveniência em embalagens. É a evolução das flexíveis que, no Brasil, tiveram muito a posição de refis e agora é uma alternativa prática em substituição a embalagens rígidas. Segundo o Euromonitor, no Brasil, assim como em outros países, há a necessidade latente de re-fechamento das embalagens flexíveis“, explica Paulo Pazinatto, executivo da empresa.

Segundo avaliações de Pazinatto, o diferencial de conveniência atende à demanda por embalagens fáceis e seguras de abrir e refechar para uso posterior. “O consumidor quer manter em sua despensa ou geladeira e levar à mesa uma embalagem bonita, limpa e prática. A solução mais comum de zíperes tem suas deficiências em refechamentos repetitivos”, conclui.

Pesquisa realizada pela Aptar Food + Beverage com usuários brasileiros e mexicanos apontou que a tampa Quick Flip “é mais fácil de abrir”, “é mais segura porque não conta com sobre tampa  destacável”, “não há tampinhas para engasgar”, “é mais conveniente porque pode ser usada apenas com uma das mãos”, “mais higiênica porque não precisa tocar no bico” e “as crianças não usam os dentes para abrir”.

Um comentário sobre “Cresce demanda por stand-up pouch na América Latina

  1. eduardo slikta disse:

    O segmento das embalagens flexíveis vem dominando e crescendo em novos nichos, no mercado de alimentos temos novos produtos sendo lançados em SUP´s como tapioca, acerola, alimentos infantis, papinhas, polpas de frutas , leite condensado e leite pasteurizado.
    No mercado frigorifico esta embalagem teve um crescimento de dois dígitos se destacando nos produtos bovinos, pescados e aves.
    Os acessórios para estas bolsas também teve seu crescimento de dois dígitos com os bicos e sistemas de fechamento zip lock, se concentrando nos mercados de higiene pessoal como sabonetes líquidos, cremes , shampoo e os químicos como lubrificantes automotores e aditivos de motores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *