img-ext-mat-reciclagem28maio2018

Onde descartar latinhas e embalagens longa vida?

Aplicativo para celular indica postos de coleta e cooperativas de reciclagem em todo o País

As latinhas de bebidas,  as descartáveis de alumínio e as cartonadas assépticas (longa vida) são 100% recicláveis. Mas como localizar os locais adequados para descartar essas embalagens para que realmente sejam reaproveitadas?

logo-RotaReciclagemHá 10 anos, a Tetra Pak, fabricante de caixinhas longa vida, oferece um  serviço aos consumidores que facilita a busca de  postos de coleta e cooperativas em todo o Brasil: a plataforma Rota da Reciclagem.

Este ano a Rota da Reciclagem ganhou a atendente virtual “Flora”, uma tecnologia desenvolvida para o aplicativo Messenger para celular, do Facebook, tornando a  busca ainda mais simples.

O consumidor só precisa abrir o aplicativo e procurar o Rota da Reciclagem. A partir daí a atendente virtual interage com o usuário, que deve compartilhar a sua localização e responder às perguntas formuladas, como por exemplo informar se pretende vender ou doar os seus materiais recicláveis.

Campeãs de reciclagem

No Brasil, em cerca de 30 dias, uma latinha de alumínio pode ser comprada no supermercado, utilizada, coletada, reciclada e voltar às prateleiras para o consumo. Há anos o Brasil destaca-se como líder mundial.

Mas o que faz da latinha de alumínio para bebidas ser a campeã em reciclagem? Vários fatores. Entre eles estão facilidade de coleta, transporte e venda, o alto valor da sucata de alumínio e a grande disponibilidade das latas de alumínio.

Longa vida para as cartonadas

O processo de reciclagem das cartonadas assépticas, conhecidas por longa vida, não produz matéria-prima para a produção de novas embalagens, como acontece com as latinhas. Mas o material reciclado é utilizado para produzir, por exemplo, telhas e paletes de plástico reciclado.

 

img-externa-embalagem-acartonada

Consumo de bebidas em trânsito reduz formato de cartonadas assépticas

Pesquisa aponta crescimento de consumo durante deslocamentos e preferência por formatos menores

Segundo estudo da Tetra Pak, pelo menos uma vez por semana, mais de 40% dos consumidores globais estão se alimentando em trânsito, no deslocamento entre seus compromissos.

O estudo aponta ainda que leite, iogurte e bebidas energéticas são as escolhas preferidas e, para algumas pessoas, as bebidas em embalagens com 300 ml ou mais são quantidades excessivas.

Com base nesses dados, que segundo a empresa apontam que a demanda por produtos menores deve atingir 72 bilhões de litros até 2019 (10% do volume atual), a Tetra Pak lançou embalagens assépticas cartonadas de 200 ml e 250 ml.

Os novos formatos, além de tamanhos menores, oferecem ao mercado de bebidas caixinhas longa vida com tampa de rosca, indicada para o consumo em trânsito.

“Nossos clientes precisam de soluções que os ajudem a identificar oportunidades e maximizar crescimento. Trazendo mais duas novas versões à bem-sucedida linha Tetra Prisma® Aseptic, conseguimos ajudá-los a explorar esse enorme potencial do mercado on-the-go”, explica Charles Brand, Vice-Presidente Executivo de Gerenciamento de Produtos e Operações Comerciais da Tetra Pak.

img-interna-superbom

Superbom amplia portfólio com sucos em caixinha

Empresa opta pelas cartonadas assépticas para impulsionar participação no segmento de bebidas

As embalagens cartonadas assépticas são aliadas em estratégias de ampliação de mercado para fabricantes de bebidas sem conservantes. Entre eles está a Superbom, que comercializa em todo o país sucos de frutas naturais envasados em caixas longa vida.

“Embalagens dispensam conservantes,
são inquebráveis e facilitam o transporte para todo o país”

Ao justificar a opção, Cristina Ferreira, gerente industrial da Superbom, destaca que esse tipo de embalagem facilita o acesso a estabelecimentos que não podem trabalhar com embalagens quebráveis. A gerente cita o exemplo das escolas e destaca os diferenciais das cartonadas assépticas: “São modernas, práticas e atendem os mais variados pontos de vendas, devido sua versatilidade e facilidade de conservação do produto”, opina.

A linha de sucos Glug’s Superbom, segundo Cristina, não contem aditivos químicos ou conservantes. Os aromas utilizados nas formulações são naturais e não contêm corantes artificiais. A gerente explica que os sucos são focados, em especial, no público infantil, com o objetivo de oferecer uma opção de bebida saudável.

As cartonadas assépticas  garantem a conservação natural dos sucos, devido à presença do alumínio em sua composição,  e a disponibilidade em todo o país, pois dispensam sistemas de transporte e conservação diferenciados.

“Esse tipo de ambalagem ainda facilita a criação do design,  pois tem um ótimo painel frontal, mantendo uma excelente comunicação com o consumidor. Podemos explorar a embalagem como um todo, o que proporciona ótima comunicação visual nos pontos de vendas”, conclui.

A linha glug’s é comercializada em embalagens de 200ml, nos sabores Maracujá, Uva, Maca, Pêssego e Tangerina.

img-destaque-vinho-em-caixinha

Prático e barato

Embalagem “longa vida” garante bebida saborosa, aromática e mais barata

Apesar de não serem muito populares nas prateleiras dos supermercados brasileiros, o vinho envasado em embalagem cartonada asséptica, o wine in box, vem ganhando adeptos em diferentes países nos últimos anos. Isso porque as caixinhas são mais práticas que a garrafas e os vinhos são mais baratos.

O wine in box é fácil de abrir e pode ser fechado e guardado na geladeira por até 30 dias, porque além da torneira de saída do vinho não permitir a entrada de ar, a embalagem conta ainda com a proteção do alumínio na sua estrutura. São detalhes fundamentais para manter o sabor e o aroma do vinho.

De acordo a sommelier Marcia Anholeti, engana-se quem resiste aos vinhos envasados em cartonadas por receio de comprar bebidas de má qualidade. Ela explica que a embalagem é indicada para vinhos simples de mesa – brancos, rosés e tintos -, que podem ser consumidos em embalagens individuais ou servidos em taças durante as refeições e festas, por exemplo.

Entre os produtores nacionais, rótulos das vinícolas Casa Valduga e Perini estão entre as opções. Bebidas importadas também podem ser compradas em supermercados e lojas especializadas de vinho, como o rótulo Clos de Pirque, da vinícola chilena Concha y Toro, que trouxe para o Brasil vinhos tinto e branco, em embalagens de 1 litro.

A embalagem começou a ser utilizada na Austrália para vinhos com preços mais baixos e venda em quantidade. Surgiram caixas de 4,5 litros, equivalente a seis garrafas de 750ml, quantidade da embalagem padrão de vidro. Hoje apresentam versões diferentes e são comuns nos Estados Unidos, Londres, Argentina e Chile. “São comercializadas em tamanho individual, de 200ml, a até 4.500ml, o equivalente a seis garrafas. No Brasil, em geral, as caixas são de 3.000ml, equivalente a quatro garrafas”, conclui a especialista.

img-mat07-03

Reciclagem 100%

Embalagens longa vida fornecem matéria-prima para fabricação de peças metálicas e de plástico

As embalagens cartonadas assépticas, conhecidas por longa vida, são 100% recicláveis. As fibras resultantes do processo de reciclagem não são utilizadas para a fabricação de novas embalagens, mas o material reciclado pode ser utilizado como matéria-prima de diferentes produtos: laminados, peças plásticas, telhas, vassouras e parafina.

“O alumínio pode ser separado do plástico e reciclado para aplicações específicas, como na produção de peças metálicas, produtos químicos para produção de peças metálicas, na confecção de madeira prensada e telhas”, explica Fernando von Zuben, diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak.

img-mat07-02

O polialumínio, composto por plástico e alumínio, é transformado em pellets, grãos que podem substituir, parcial ou totalmente, o plástico reciclado, em muitos tipos de produtos como canos e paletes.

Mas os benefícios da reciclagem das caixas longa vida, como as de leite e sucos, dependem do descarte doméstico correto. Segundo Zuben, o ideal é limpar qualquer embalagem, antes da reciclagem. E quanto ao local adequado para o descarte, basta acessar o link abaixo e encontrar o mais próximo de sua casa. Rota da Reciclagem:

img-mat07-04