img-ext-mat-livro-dez2017

Coleção especializada em embalagens ganha novo livro

“Embalagem Melhor Mundo Melhor” aborda os diversos aspectos da criação e da produção de embalagens

Explicar o complexo universo das embalagens de maneira simples e didática. Esse é o objetivo do livro “Embalagem Melhor Mundo Melhor”, lançado pelo Instituto de Embalagens.

Parte da coleção Better Packaging. Better World, a obra traz, em 57 capítulos, fotos e informações atualizadas sobre todo o sistema existente por trás de uma embalagem: mercado, design, tendências, inovações, materiais, processos, máquinas e, claro, sustentabilidade.

“A intenção é que o livro seja utilizado para capacitar novos profissionais, atualizar os atuais e servir de fonte de consulta de conhecimento em embalagens”, afirma Assunta Napolitano Camilo, diretora do Instituto de Embalagens. Segundo ela, primeira edição de Embalagem Melhor Mundo Melhor pretende ser uma referência no setor, apoiando o desenvolvimento de melhores embalagens e ajudando a criar e inovar a partir de conhecimento sólido“.

img-externa-painel-interpack

Painel Interpack debate inovações em embalagens

Instituto de Embalagens traz novidades e tendências internacionais ao mercado brasileiro

No dia 13 de junho, o Painel Interpack, promovido pelo Instituto de Embalagens, traz  para o Brasil inovações e tendências em embalagens apresentadas durante a edição 2017 do maior evento  do segmento realizado na Alemanha, em maio.

Profissionais e executivos do setor que participaram da feira internacional vão trazer a sua visão sobre as novas oportunidades de desenvolvimento de embalagens.

De acordo com Assunta Napolitano Camilo, diretora do Instituto de Embalagens, o mercado competitivo impõe  constante evolução para possibilitar às empresas anteciparem-se às necessidades dos consumidores.

Ao destacar a importância da embalagem para a disputa nos espaços dos pontos de venda, a diretora lembra que “as inovações criam novas oportunidades e ciclos de crescimento para as empresas convertedoras e usuários de embalagens”.

img-interna-interpack-livro

Durante o Painel Interpack, ainda haverá o lançamento do livro Embalagens Alumínio. Segundo Assunta, o obra trilingue (português, inglês e espanhol) reúne informações, até o momento dispersas, organizadas por uma equipe multidisciplinar de especialistas.

“Parte dos profissionais sabia das propriedades dos materiais, outros dos processos, alguns sobre projetos, além dos que sabiam sobre máquinas. E o apoio do Comitê Técnico do Mercado de Embalagens da ABAL foi importante para superar este desafio”, ressalta a diretora do Instituto de Embalagens.

 

Painel Interpack
13 de junho, das 8h30 às 16h.
Auditório do Conselho Regional de Química (CRQ)
Rua Oscar Freire, 2039, Pinheiros, São Paulo.

img-ext-livro-embalagens-aluminio

Embalagens de Alumínio, novo livro de referência para o mercado

Com o apoio técnico da ABAL, obra traz conteúdo multidisciplinar voltado a empresas e profissionais do setor de embalagens

A partir do dia 8 de maio, o mercado nacional e internacional passa a contar com uma literatura especializada em embalagens produzidas com alumínio. Com a consultoria técnica do Comitê de Embalagens da ABAL (Associação Brasileira do Alumínio), o livro Embalagens de Alumínio – Aluminum Packaging – Envases de Aluminio reúne todo o sistema de embalagem, desde conceitos até a disposição final, incluindo mercado, design, materiais, processos, equipamentos e sustentabilidade.

“Este livro tem o propósito de reunir, organizar e esclarecer, numa única obra, todo esse universo de aplicações, formatos, vantagens e benefícios que apenas o alumínio pode oferecer, tornando-se assim a principal fonte de referência a profissionais e ao meio acadêmico”, explica Milton Rego, presidente-executivo da Abal.

“Lançado pelo Instituto de Embalagens, livro trilíngue conta com distribuição mundial”

A obra, organizada e produzida pelo Instituto de Embalagens, será apresentada na feira InterPack em Dusseldorf, na Alemanha, que acontece de 4 a 10 de maio. De acordo com o instituto, o conteúdo foi preparado por uma equipe multidisciplinar, com o objetivo de oferecer um material acessível para transformadores de embalagens de alumínio e empresas que utilizam embalagens, com a intenção de capacitar novos profissionais e ajudar no desenvolvimento de inovações a partir de conhecimento especializado. Em seguida a obra será lançada em São Paulo.

Além do apoio técnico da ABAL, o livro teve o patrocínio das empresas Arconic Ball, Bemis, Bispharma Companhia Brasileira de Alumínio-CBA FuturePack e Novelis.

IMG-ext-livro-embalagem

Cartonadas em destaque

Livro aborda economia circular que gera inovações voltadas à sustentabilidade das embalagens

O Instituto de Embalagens disponibiliza mais uma publicação destinada a profissionais, estudantes e pesquisadores do setor: o livro bilingue “Embalagens papelcartão – Paperboard Packaging – Embalagem melhor, Mundo melhor – Better Packaging, Better World”.

“O livro aborda todos os temas referentes ao desenvolvimento de embalagens em papelcartão, como design, tendências, inovações, processos de impressão e fabricação, materiais, além de questões relacionadas à sustentabilidade”, explica Assunta Camilo, diretora do Instituto de Embalagens e coautora da obra.

A nova publicação, que contou com o apoio da ABAL (Associação Brasileira do Alumínio), traz o desenvolvimento de cartonadas que levam alumínio em sua composição, o que “ as tornam realmente assépticas e aumentam significativamente o shelf life dos produtos”, justifica Assunta.

Em relação à sustentabilidade das embalagens cartonadas, o livro aborda o tema da economia circular, que passou a inspirar inovações que minimizem a utilização de recursos, reduzam a geração de resíduos, estimulem o aproveitamento de materiais e maximizem os objetivos de uso.

“Obra traz capítulo específico sobre desenvolvimento das cartonadas assépticas e seus diferenciais para o shelf life dos alimentos”

As assépticas são apresentadas como um bom exemplo da busca por equilíbrio entre esses objetivos, em especial na escolha dos materiais. Se por um lado as embalagens monomateriais parecem favorecer a reciclagem, quando comparadas às multimateriais, por outro podem deixar a desejar nos aspectos de conservação e de maximização da vida útil dos produtos, principalmente alimentos.

A publicação, lançada em junho na Alemanha e em São Paulo, está disponível nos sites http://loja.institutodeembalagens.com.br/ e http://betterpackingbetterworld.com.

No início do ano, também com o apoio da ABAL, o Instituto de Embalagens lançou o livro Embalagens Flexíveis, que aborda processos de impressão e fabricação, materiais e estruturas, laminação, adesivos, matérias-primas e insumos, destacando inovações em materiais e tecnologias.

img-literatura-referencia-01

Literatura de referência

Especialistas reúnem em livro bilíngue inovações e tendências no desenvolvimento de embalagens flexíveis

Com o apoio da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), o Instituto de Embalagens lança o livro Embalagens Flexíveis, uma referência para os profissionais do segmento. A publicação bilíngue, português/inglês,  aborda processos de impressão e fabricação, materiais e estruturas, laminação, adesivos, matérias-primas e insumos, destacando inovações em materiais e tecnologias.

img-literatura-referencia-02O capítulo dedicado à aplicação do alumínio nas embalagens flexíveis, material amplamente utilizado na forma de folhas com espessuras entre 6μm a 150μm, destaca a contribuição do metal como barreira, no aumento da resistência mecânica quando necessário e até de maneira decorativa, em função da sua propriedade refletiva.

Produzido sob a consultoria técnica de Luiz Henrique Ranchin, da Votorantim Metais-CBA, e de Paulo Nakamichi, da Alcoa Alumínio, o capítulo inclui uma detalhada tabela com as aplicações usuais da folha de alumínio em embalagens flexíveis, discriminando a têmpera aplicada e os limites de espessura da folha para cada tipo de aplicação.

“Publicação destaca a aplicação do alumínio utilizado na forma de folhas”

Além de lançamento previsto para março, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, o livro chegará ao mercado internacional em maio, na Alemanha, durante a Drupa – Feira Internacional da Mídia e Indústria Gráfica, focada em tecnologias de impressão.

De acordo com Assunta Camilo, diretora do Instituto de Embalagens e coautora da obra, o livro Embalagens Flexíveis, além da Livraria Cultura, será comercializado  pela Amazon para profissionais do Brasil, Europa, Estados Unidos, Austrália, África do Sul, entre outros países.

Em março, a publicação será utilizada como material didático do curso Embalagens Flexíveis, promovido pelo Instituto de Embalagens, quando os participantes terão acesso a informações sobre tendências e inovações do mercado, durante palestras realizadas por um corpo docente especialista no assunto.

Curso de Embalagens Flexíveis
De 15 a 17 de março
Auditório da ABIPLAST, Av. Paulista 2439, 8º andar.
Mais informações: cursos@institutodeembalagens.com.br
ou pelos telefones 11 3431 0727 | 11 2857 7770