img-ext-garrafinhas

Garrafinhas integram a estratégia de marketing das empresas

 

Como edição especial ou brinde, garrafas de alumínio atraem consumidores de refrigerantes e cervejas

Leves, duráveis, bonitas e descoladas. Empresas de diversos portes descobriram o apelo das garrafas de alumínio e vêm usando o artigo para agradar os consumidores.

Os atrativos do material já foram descobertos há anos pelas grandes marcas. Em 2010, a Coca-Cola aproveitou a Copa do Mundo da África do Sul para lançar uma peça exclusiva para o Brasil. O item era decorado com arte inspirada nas “makarapas”, chapéu estilizado usado pelos sul-africanos para torcer.

O tempo passou, mas as garrafinhas de alumínio não perderam a graça. Outro momento no qual a marca adotou as garrafas de alumínio como estratégia de marketing foi no Natal. Em 2016, a fabricante de bebidas lançou garrafas decoradas com a imagem do urso polar que virou um de seus ícones.

A Skol, da fabricante de cervejas belgo-brasileira Ambev, foi ainda mais longe. Apostou no design diferenciado que as garrafas de alumínio proporcionam e criou a coleção “Skol Design”. A ideia é que as garrafinhas sejam, além de uma embalagem marcante, um produto de decoração. Assim, as garrafas de 473 ml, com diferentes estampas, servem também como vasos, porta-velas, luminárias e até relógios. São, inclusive, vendidas no site da marca em diferentes kits: “casa”, “mesa” e “quarto”.

img-int-garrafinhas

Outra marca da Ambev que já usou as garrafinhas de forma estratégica foi a Budweiser. Em 2013, por exemplo, uma edição limitada, com visual especial e também de 473 ml, celebrou a ascensão, no Brasil, do UFC, campeonato de MMA do qual é patrocinadora. A Copa do Mundo de 2014 também ganhou uma edição própria.

Porém, as garrafinhas de alumínio não são privilégio das grandes marcas. Empresas menores também descobriram que, personalizadas, as embalagens viram uma ótima opção de brinde.

A Servgela, de São Paulo, trabalha justamente com a personalização de garrafas de alumínio. Gerente de vendas da empresa, Anderson Viegas conta que a empresa vende em média duas mil delas ao mês. “Nosso público é composto principalmente de empresas em busca de divulgação de marcas por meio de itens personalizados. Mas também atendemos promotores de eventos como festas de formaturas, casamentos, confraternizações de fim de ano”, explica.

Para Viegas, as garrafas de alumínio têm forte apelo emocional junto ao público por serem presentes úteis e duráveis. Além disso, as propriedades do material facilitam a personalização. “As garrafas podem ser personalizadas com logomarcas, ilustrações, fotos. A vantagem é a possibilidade de gravação por impressão digital, sem limite de cores. Dessa forma, conseguimos entregar um produto de alta qualidade, durável e fiel à identidade visual das empresas.”

img-materia-aogostodofregues

Ao gosto do freguês

Cervejas em garrafas de alumínio atendem expectativas do consumidor e promovem marcas

Em recente pesquisa internacional, consumidores revelam a preferência por inovações quando o assunto é embalagem. Para mais de 77% dos entrevistados de países desenvolvidos e emergentes, incluindo o Brasil, as marcas estão no caminho certo ao adotarem novas soluções.

O levantamento, realizado em 2014 pela MeadWestvaco Corporation (MWV), além da expectativa por novidades, mostra que o consumidor está atento a conveniência, segurança, facilidade de uso e sustentabilidade das embalagens.

O estudo revela um contexto de mercado que vem sendo explorado pela indústria cervejeira, por meio do lançamento de edições especiais que têm a garrafa de alumínio como destaque. O design arrojado e as cores especiais são as primeiras novidades que impactam o consumidor nas redes de supermercados, que reservam espaços diferenciados para a exposição desses produtos.

Entre os pontos positivos do alumínio está o fato de a “rotulagem” ocupar 100% da embalagem, o que permite transformar a apresentação do produto para maximizar a mensagem desejada, de acordo com campanhas promocionais, eventos ou datas comemorativas. Uma solução de marketing não aplicável à embalagem de vidro, que permite a utilização de 30% a 40% da garrafa.

De acordo com Luciano Túlio, gerente de Inovação da Ambev, “os públicos são segmentados por marca e uma garrafa de alumínio pode ter o design, a tecnologia e a arte desenvolvidos de acordo com a identidade visual do consumidor de cada marca”.

Outras vantagens da garrafa de alumínio destacadas pela Ambev, detentora das principais marcas de cerveja comercializadas no País, também atendem às exigências do consumidor em tempos de valorização de conveniência e sustentabilidade: reciclabilidade (100%), leveza (otimização do transporte), a bebida gela mais rápido (redução do consumo de energia), embalagem inquebrável (segurança).

img-mat01-02

Imagem divulgação

A copa do mundo, em 2014, foi o último grande evento nacional que impulsionou o mercado de bebidas e o lançamento de edições limitadas de marcas de cerveja da Ambev, como Brahma e Budwiser. A ação de marketing, desenvolvida para surpreender e atrair diferentes perfis de consumidores, reforçou a presença das marcas no maior evento esportivo internacional e ofereceu uma peça diferenciada de recordação do campeonato mundial de futebol realizado no País.

Além de edições comemorativas, outras iniciativas podem incentivar a compra, a coleção e o reaproveitamento das embalagens especiais de alumínio. Em 2013, por exemplo, a Skol lançou uma garrafa de 473 ml, com cinco opções de estampas, para ser reutilizada como item de decoração: luminárias, relógios, galheteiros, castiçais ou vasos. Além de poder montar sua própria peça, o consumidor teve a opção de adquirir o kit completo no site da empresa.

img-mat01-03

Imagem divulgação

No mesmo ano, a cervejaria holandesa Heineken, uma das primeiras a introduzir a cerveja em garrafa de alumínio no Brasil, marcou a comemoração dos 140 anos da marca com a série Episodes, composta por quatro modelos diferentes de garrafas.