Inovação marca 30 anos da latinha no Brasil

Com novos formatos, venda de latas de alumínio para bebidas chega a 26 bilhões de unidades

Neste ano, a lata de alumínio completa 30 anos no Brasil. Em 1989, as primeiras latinhas do país de 350 ml foram produzidas pela Latas de Alumínio S.A. Latasa, na cidade de Pouso Alegre (MG). Hoje o mercado dispõe de oito formatos e o consumo das latinhas cresce a cada ano. Em 2018, segundo a Abralatas (Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alumínio), foram vendidas 26 bilhões de unidades no País, com crescimento de 8,5%, em relação a 2017. Para contar o processo de evolução da latinha, o portal Embalagens de Alumínio ouviu Thaís Moraes, Gerente de Comunicação e Relacionamento com as Comunidades da Ball Embalagens para Bebidas América do Sul.

Novos formatos 

Desde o seu surgimento, a lata foi ganhando cada vez mais espaço no mercado. O consumidor passou a utilizá-la em diversas ocasiões e a demanda por novos formatos foi surgindo, fazendo com que a indústria se adaptasse para os diversos momentos de consumo e tipos de bebidas. Segundo a ABAL, no Brasil, o consumo anual de latas de alumínio para bebidas chegou a 116 unidades por brasileiro em 2017. Em 2003, este número era apenas de 52,1 latas por brasileiro, ou seja, houve um aumento de cerca de 122% em 14 anos.

A lata de 473ml (16oz), por exemplo, surgiu na segunda metade da década de 90 e trouxe a possibilidade de um consumo que não precisa necessariamente ser individual.

Já a 269ml (9.1oz) surgiu no início dos anos 2000 e ganhou muita aderência no mercado cervejeiro, pois é ideal para um consumo outdoor e individual. Por ser mais leve, mais fina e fácil de transportar, essa latinha é uma ótima escolha para eventos.

Outra novidade muito importante é a lata 410ml X-Sleek (13.9oz), lançada neste ano, e que apresenta formato inovador, diferente de todos os padrões já existentes no mercado mundial, elaborado com exclusividade para a marca de cerveja artesanal Colorado.

Demandas de consumo

Os formatos e tecnologias das latas vão se diversificando para atender as diferentes demandas de consumo e trazer para a indústria de bebidas mais flexibilidade e atratividade em relação ao consumidor. O extenso portfólio de formatos de lata trouxe mais versatilidade para a indústria de bebidas, que pode apostar em diferentes tipos de envase, se adaptando aos diversos momentos de consumo. Além disso, a superfície da lata permite impressão 360º – facilitando a comunicação e permitindo maior expressão da marca do produto na gôndola.

Vantagens da lata

Vale lembrar que a lata de alumínio é a melhor opção de embalagens para bebidas. No Brasil, seu índice de reciclagem chega a 97,3% e, ao ser consumida, retorna ao mercado em até 60 dias, caso seja descartada corretamente. Além de ser a embalagem mais amiga do meio ambiente, a latinha é também a mais segura, pois não quebra, não fragmenta ao cair e protege o sabor da bebida, já que isola o líquido dos raios ultravioleta e do oxigênio, mantendo a integridade e o seu sabor original.

Inovações e exclusividade

A lata 410ml X-Sleek é uma importante novidade, pois apresenta formato inovador, diferente de todos os padrões já existentes no mercado mundial, elaborado com exclusividade para a marca de cerveja artesanal Colorado, que passou a investir em latas de alumínio desde janeiro deste ano. Nem tão fina como a Sleek e nem tão larga quanto a Standard, o novo modelo comporta um volume de 410ml. Conta ainda com um revestimento especial em HD (impressão High Definition) e aplicação de verniz fosco, para atender à expectativa de um produto premium.

Além dessa recente novidade, a Ball Embalagens para Bebidas América Sul possui mais sete formatos: 220ml – sleek (7.5oz), 269 ml sleek (9.1 oz), 350 ml standard (12oz), 310 ml sleek (10.5 oz), 355 ml sleek (12 oz), 473 ml latão (16 oz), 710 ml super latão (24 oz).

Embalagem dispensa refrigeração de bebida

 

Nestum Go, composta por cereais e iogurte, pode ser consumida em qualquer hora e lugar

Ao acompanhar a tendência de praticidade exigida pelo consumidor, a Nestlé lançou o tradicional produto Nestum, reunião de diferentes cereais indicados para preparação com leite, acondicionado em stand-up puch: o Nestum Go, que alia cereiais ao iogurte.

De acordo com a empresa, devido à inovação da embalagem, a nova linha de bebida lactea Nestum Go dispensa refrigeração e “pode ser levada para qualquer lugar e consumida durante o dia em lanches da manhã ou da tarde”. O stand-up pouch é fácil de abrir e basta apertar para verter o conteúdo.

Disponível em pacotes de 80g, Nestum Go está disponível em três variedades: Mel, Bolacha Maria e Morango.

Criatividade diferencia marcas de bebidas

No mercado internacional, designers de embalagens são exemplos de inovação

img-int-mat-criatividade-01-nov2018A cooperativa da Coreia Sul Seoul Dairy Cooperative (SDC) inova e traz para o mercado a tecnologia cartonada asséptica para micro-ondas. O leite de soja Achimae é o primeiro produto a utilizar a embalagem Heat&Go. A embalagem pode ser aquecida até 60°C. A solução pode ser utilizada para bebidas como leite  e chás.

 

img-int-mat-criatividade-02-nov2018

O designer japonês Naoto Fukasawa transformou as embalagens de sucos em frutas. A inovação está na criação de embalagens realistas compostas por rótulos que trazem a textura e a cor de cada fruta.

 

 

img-int-mat-criatividade-03-nov2018

Criada para o mercado de bebidas dos EUA, em edição especial, a lata da Budweiser ganhou “cintura”. Devido ao formato diferenciado, a lata armazena um pouco menos de conteúdo – em torno de 330ml, ao invés dos tradicionais 350ml.

 

img-int-mat-criatividade-04-nov2018A cerveja Old Guard inovou trazendo o tradicional chapéu da Guarda da Rainha inglesa. Na criação do estúdio Viewpoint, na Rússia, além do acessório preto e das roupas vermelhas, foram utilizadas as cores e formas dos bigodes de cada “soldado” para diferenciar os tipos de fermentados.

 

Stand-up pouch transforma refrigerante em “raspadinha”

Embalagem produzida com folha de alumínio inova a forma de consumir Coca-Cola no Japão

A embalagem stand-up pouch amplia sua participação no segmento de bebidas. Depois da adoção para o envase de lácteos como o Danoninho, por exemplo, a funcionalidade da folha de  alumínio para o desenvolvimento de novas embalagens agora favorece a inovação no segmento de refrigerantes.

A novidade já está disponível aos consumidores japoneses, que agora podem optar por consumir refrigerante congelado (estilo raspadinha). A bebida  lançada pela Coca-Cola Japão, Coca-Cola Frozen Lemon, é acondicionada em um stand-up pouch com bico, o que permite aos consumidores apertarem a embalagem até chegarem à textura desejada.

img-interna-frozen-coca-cola

O produto também será vendido descongelado, para os consumidores que preferirem congelar e consumir em casa. A empresa também lançou dois sabores de Fanta na mesma embalagem: Fanta Frozen Orange e Fanta Frozen Grape.

Segundo a Coca-Cola, foram desenvolvidos mais de 100 protótipos nos últimos oito anos, até que a empresa chegasse à fórmula considerada ideal para a nova bebida.