img-ext-mat-ades-jun2018

Cartonadas assépticas são aliadas de novas bebidas vegetais

Marca AdeS opta pela embalagem longa vida para ampliar portfólio de sabores

A Coca-Cola Brasil optou pela embalagem cartonada asséptica de 1 litro para ampliar o portfólio de bebidas vegetais da marca AdeS. A proteção oferecida pela embalagem longa vida, devido à presença do alumínio, somada ao tratamento térmico e ao envase asséptico, garante a qualidade da bebida por um período mais longo, além de não incorporar oxigênio no envase, o que impede a oxidação do líquido.

Criada pela agência Geometry Global, a embalagem traz um novo visual. A principal mudança do rótulo foi dar mais destaque aos ingredientes, para que as pessoas tenham mais clareza sobre o produto. Segundo a empresa, a modernização tem o objetivo de sair de uma visão apenas de soja para uma marca com múltiplos ingredientes. “A AdeS, que sempre significou Alimento de Soja, agora passa a ser Alimento de Semente, e vamos oferecer cada vez mais opções nesse caminho,” diz Pedro Massa, diretor de Novos Negócios da Coca-Cola Brasil.

Os novos produtos de vegetais da marca são AdeS amêndoas, AdeS amêndoas com baunilha e AdeS coco.

img-ext-mat-cosmeticos-28mai2018

Cosméticos têm a proteção das folhas de alumínio

Bisnagas laminadas garantem proteção  às características físico-químicas dos produtos envasados

“A Bemis fornece bisnagas laminadas (ABL) compostas por folhas de alumínio e resinas plásticas. Neste tipo de embalagem utilizamos a folha de alumínio para garantir barreira superior mantendo, assim, as características físico-químicas do produto envasado”, afirma Antonio Ponce, gerente de Marketing de Produto da Bemis, ao comentar  o desenvolvimento pela empresa das embalagens para a linha Match, de O Boticário.

A Bemis também fornece ao mercado de cosméticos as bisnagas do tipo PBL, compostas exclusivamente de resinas plásticas  que possuem propriedades de barreira, porém em menor nível que a ABL, segundo Ponce.

Segundo o gerente, o prazo de validade dos produtos depende não só do tipo de embalagem utilizado mas, também, do produto envasado. “Portanto, cada aplicação deve ser avaliada afim de encontrarmos a solução mais viável aos nossos clientes relacionados aos aspectos técnico e econômico”, explica.

Bemis produz 500mil unidades/mês de embalagens para a linha Match, de O Boticário  

A fabricante de embalagens informa que a bisnaga laminada desenvolvida para a linha Match possibilita ótima qualidade de impressão, garante grande variedade de características de decoração e design e diminui o risco de descascamento da tinta com apelo metalizado. Além disso, assegura a empresa, a embalagem de Match garante 100% da utilização do produto, ou seja, nenhum resquício do produto fica preso à embalagem.

A produção mensal das embalagens do shampoo e condicionador Patrulha do Frizz, Respeito aos Cachos e Fonte de Hidratação chega a 500mil unidades. Além da linha Match, a Bemis é responsável pela produção de outras embalagens da marca O Boticário.

img-ext-mat-reciclagem28maio2018

Onde descartar latinhas e embalagens longa vida?

Aplicativo para celular indica postos de coleta e cooperativas de reciclagem em todo o País

As latinhas de bebidas,  as descartáveis de alumínio e as cartonadas assépticas (longa vida) são 100% recicláveis. Mas como localizar os locais adequados para descartar essas embalagens para que realmente sejam reaproveitadas?

logo-RotaReciclagemHá 10 anos, a Tetra Pak, fabricante de caixinhas longa vida, oferece um  serviço aos consumidores que facilita a busca de  postos de coleta e cooperativas em todo o Brasil: a plataforma Rota da Reciclagem.

Este ano a Rota da Reciclagem ganhou a atendente virtual “Flora”, uma tecnologia desenvolvida para o aplicativo Messenger para celular, do Facebook, tornando a  busca ainda mais simples.

O consumidor só precisa abrir o aplicativo e procurar o Rota da Reciclagem. A partir daí a atendente virtual interage com o usuário, que deve compartilhar a sua localização e responder às perguntas formuladas, como por exemplo informar se pretende vender ou doar os seus materiais recicláveis.

Campeãs de reciclagem

No Brasil, em cerca de 30 dias, uma latinha de alumínio pode ser comprada no supermercado, utilizada, coletada, reciclada e voltar às prateleiras para o consumo. Há anos o Brasil destaca-se como líder mundial.

Mas o que faz da latinha de alumínio para bebidas ser a campeã em reciclagem? Vários fatores. Entre eles estão facilidade de coleta, transporte e venda, o alto valor da sucata de alumínio e a grande disponibilidade das latas de alumínio.

Longa vida para as cartonadas

O processo de reciclagem das cartonadas assépticas, conhecidas por longa vida, não produz matéria-prima para a produção de novas embalagens, como acontece com as latinhas. Mas o material reciclado é utilizado para produzir, por exemplo, telhas e paletes de plástico reciclado.

 

img-ext-mat-skol28maio2018

Uma garrafa que “abre como latinha”

Nova embalagem traz a praticidade do anel de alumínio aos consumidores de cerveja long neck

As latinhas de alumínio para bebidas e as embalagens de alimentos  com  tampa easy open,  que oferecem praticidade ao consumidor, estão fazendo do abridor de latas um utensílio em extinção. Isso porque o anel de alumínio permite uma abertura suave, evita acidentes e tem resistência à corrosão.

Essa mesma facilidade chega para os consumidores de cerveja em garrafa. A Skol reformulou as suas embalagens de vidro long neck,  e agora todas elas terão uma tampa com anel de alumínio, a pull off. Ou seja, são abertas como as latinhas.

Long neck mais fácil de abrir, graças ao anel de alumínio

“Essa embalagem mostra o que a Skol tem de melhor, um líquido refrescante com a leveza ideal para nossos dias quentes e a nossa paixão por inovação, ao trazer uma tampa diferente, muito mais prática para nossos consumidores. Um convite para se tomar uma cerveja gostosa de beber e agora mais fácil de abrir”, conta Maria Fernanda de Albuquerque, Diretora de Marketing da marca.

img-mat-latas-aluminio-ganham-cores-selecao-brasileira

Latas de alumínio ganham as cores da seleção brasileira

Em ritmo de Copa do Mundo, embalagem de guaraná de 350 ml ganha novo visual para atrair torcedores

As latinhas de alumínio do Guaraná Antarctica ganharam novas cores para acompanhar o clima da Copa do Mundo. Em edição limitada, a novidade chega em quatro versões das embalagens de 350 mililitros, nas cores verde, amarela, azul e branca (para o guaraná zero).

O diferencial que destacará o produto nas gôndolas dos supermercados faz parte da campanha Tudo Pela Seleção, lançada pela marca por conta do mundial de futebol da Fifa. A marca é patrocinadora da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde 2002.

img-ext-mat-curso-embalagens

Curso aborda aplicações e reciclagem do alumínio

Programação é dirigida a profissionais não técnicos que necessitam de informações básicas para suas atividades

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), em parceria com a Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração (ABM), oferece o curso Metalurgia do Alumínio Para Não Metalurgistas, com o objetivo de apresentar uma visão geral da indústria do alumínio a participantes sem formação metalúrgica.

Especialistas vão abordar todas as fases do processo de produção, aplicações e reciclagem do metal a profissionais não técnicos que atuam no segmento e necessitam de informações básicas do alumínio para suas atividades.

DATA: 11 e 12 de Junho de 2018
HORÁRIO: 8h30 às 17h30
LOCAL: Sede da ABM – Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração
ENDEREÇO: Rua Antonio Comparato, 218 – Campo Belo – São Paulo – SP

Saiba Mais e Inscreva-se.

img-ext-aluminio-isopor

Embalagem descartável, de alumínio ou isopor?

Além  de praticidade na cozinha e conservação dos alimentos, embalagens de alumínio são as campeãs em reciclagem

Quais as vantagens das embalagens descartáveis de alumínio em comparação às de isopor? Além de serem infinitamente recicláveis, são as únicas capazes de proteger os alimentos contra a ação da luz, do oxigênio e da umidade, preservando o sabor, os nutrientes e a qualidade dos alimentos.

“E ainda resistem a todas variações de temperatura exigidas durante a utilização, desde o congelamento até o calor extremo do cozimento”, como lembra Cadu Migliorini, responsável pelo Marketing do Grupo Wyda. Propriedade que permite o uso das descartáveis no forno tradicional e no micro-ondas, podendo ser levadas diretamente à mesa.

“Descartáveis protegem os alimentos
e são 100% recicláveis”

Ao serem 100% recicláveis, as descartáveis de alumínio ajudam na sustentabilidade do planeta. Pratos, bandejas e formas de alumínio são facilmente destinadas ao lixo reciclável.

Assim como os demais produtos de alumínio, as embalagens usadas são separadas e compactadas para serem enviadas para a reciclagem. Ao consumidor, basta retirar o excesso da sujeira da embalagem com um guardanapo, por exemplo, e descartá-la corretamente no lixo para coleta seletiva.

Para informar o consumidor sobre essas vantagens, o fabricante de embalagens Wyda produziu o vídeo abaixo que destaca as embalagens de alumínio como aliadas dos consumidores preocupados com a preservação da natureza.

img-ext-tang-01

Novos sabores de TANG têm alumínio como aliado

Marca diminui açúcar em sucos prontos e mantém embalagem de sachê de alumínio para preservar qualidade

A principal função da embalagem para o suco em pó é isolar qualquer contato com luz, ar e umidade, garantindo sua validade e que chegue em perfeitas condições na mesa dos consumidores. Essas condições fizeram com que a marca Tang renovasse seu portfólio de sabores mantendo a tradicional embalagem de sachê de alumínio.

O suco em pó possui ingredientes sensíveis e o  empedramento pode ocorrer quando o produto entra em contato com umidade ou quando é armazenado de forma incorreta.  Uma vulnerabilidade que exige o uso de embalagens com requisitos especiais de proteção e shelf life.

“Sachê garante 12 meses de validade
para sucos em pó”

De acordo com Marcelo Paiva, diretor de Bebidas, Sobremesas e Fermentos Mondelez Brasil, caso a embalagem fosse cartonada ou de plástico, o prazo de validade seria menor, pois o produto possui ingredientes sensíveis a ar e umidade, podendo gerar diferenças de aparência e sensoriais.

“Nem todas as estruturas utilizadas nos materiais de embalagens possuem as mesmas características relacionadas à proteção do produto. O alumínio é o material que hoje possui a maior barreira de ar e umidade. O alumínio presente na embalagem certamente é responsável por garantir os 12 meses de validade do produto”, explica Paiva.

Além da nova embalagem, mais moderna e colorida, com o novo portfólio, a marca promete mais sabor da fruta com baixo teor de açúcar. Quando diluído em água, a quantidade de açúcares do refresco varia de 3,3g a 3,7g por copo de 200ml. Hoje a marca conta com 20 sabores totalmente reformulados.

img-externa-frozen-coca-cola

Stand-up pouch transforma refrigerante em “raspadinha”

Embalagem produzida com folha de alumínio inova a forma de consumir Coca-Cola no Japão

A embalagem stand-up pouch amplia sua participação no segmento de bebidas. Depois da adoção para o envase de lácteos como o Danoninho, por exemplo, a funcionalidade da folha de  alumínio para o desenvolvimento de novas embalagens agora favorece a inovação no segmento de refrigerantes.

A novidade já está disponível aos consumidores japoneses, que agora podem optar por consumir refrigerante congelado (estilo raspadinha). A bebida  lançada pela Coca-Cola Japão, Coca-Cola Frozen Lemon, é acondicionada em um stand-up pouch com bico, o que permite aos consumidores apertarem a embalagem até chegarem à textura desejada.

img-interna-frozen-coca-cola

O produto também será vendido descongelado, para os consumidores que preferirem congelar e consumir em casa. A empresa também lançou dois sabores de Fanta na mesma embalagem: Fanta Frozen Orange e Fanta Frozen Grape.

Segundo a Coca-Cola, foram desenvolvidos mais de 100 protótipos nos últimos oito anos, até que a empresa chegasse à fórmula considerada ideal para a nova bebida.

banner-alufoil-embalagens-aluminio

Abal promove Troféu Alufoil 2018 na América Latina

Prêmio reconhece inovações de aplicação da folha de alumínio no desenvolvimento de embalagens

A Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) traz para a América Latina o Alufoil Trophy, promovido na Europa pela  European Aluminium Foil Association (EAFA), com o apoio da Global Aluminium Foil Roller Initiative (GLAFRI). O Alufoil Trophy | América Latina  tem como objetivo reconhecer  inovações e soluções que contenham folhas de alumínio como parte de um laminado, estrutura ou sistema de embalagem e fechamentos (tampas).

O Troféu Alufoil 2018 | América Latina está aberto para a participação de fabricantes, conversores, fornecedores de materiais, detentores de marcas, designers e grupos de consumo, bem como fabricantes de produtos industriais.

INSCRIÇÕES

As inscrições  estarão abertas até 27 de julho. Os vencedores serão conhecidos em agosto, após avaliação do corpo de jurados, e a premiação acontecerá na ExpoAlumínio, entre os dias 3 e 5 de setembro, no São Paulo Expo.

A iniciativa estimula a inovação de estruturas, formatos e aplicações que promovam as propriedades  do alumínio, como barreira e proteção ao conteúdo, diferencial em design, conveniência real para o consumidor, desenvolvimento técnico e soluções sustentáveis.

As três categorias da competição do Troféu Alufoil | América Latina cobrem as áreas mais importantes da fabricação de folhas de alumínio e suas aplicações: Marketing, Design e Conveniência do Consumidor, Eficiência de Recursos e Inovação e Proteção do Produto.