img-ext-mat-lata-aluminio-gela-sozinha

Nos EUA, lata de alumínio para bebidas gela sozinha

Inovação liberta consumidores da dependência de refrigeradores e gelo, em especial em atividades esportivas e de lazer

Consumir bebida gelada em qualquer lugar, sem depender de refrigerador ou gelo, já é possível nos Estados Unidos. A empresa The Joseph Company, da Califórnia, acaba de lançar “a primeira lata do mundo que gela sozinha”.

Para gelar a bebida, basta virar a embalagem de cabeça para baixo e girar uma pequena peça plástica  acoplada na base da lata de alumínio, em um intervalo de 75 a 90 segundos a temperatura cai cerca de 16 graus.

“Consumidores em zonas com refrigeração limitada, participantes de atividades como camping, pesca ou navegação, e pequenos comerciantes entenderão o impacto que a autorrefrigeração representa hoje em dia para a sociedade”, diz Mitchell J. Joseph, CEO da empresa.

O primeiro produto a adotar a nova lata de 250 ml é a Fizzics Sparkling Cold Brew Coffee, uma linha de café gelado gaseificado da rede de lojas de conveniência 7-Eleven.

img-ext-mat-sache-jul2018

Sachê alia eficiência de marketing e proteção da folha de alumínio

Embalagem beneficia crescimento da indústria de cosméticos de diferentes portes

O Brasil ocupa o quarto lugar no ranking dos maiores consumidores de produtos de higiene e beleza. Em 2017, a indústria do setor registrou um faturamento de 102 milhões de reais, uma alta de 3,2% em relação a 2016 (99 milhões de reais). E para este ano a expectativa de crescimento é de cerca de 3,8%.

Os resultados positivos, apesar da crise econômica, alimentam o segmento de cosméticos composto por aproximadamente 1.500 empresas, segundo dados da Artpack, fornecedora de sachês para a indústria nacional.

De acordo com Carlos Signei de Souza, presidente da Artpack, os produtos de higiene e limpeza disputam cada centímetro de gôndola, cada cliente na venda direta, e a utilização do produto em amostras ainda é a melhor forma para divulgação. Cerca de 86% de nossa produção da empresa é voltada aos sachês de amostra grátis. Souza ressalta que “as principais marcas se beneficiam com a estratégia de fazerem seus produtos diferenciados serem conhecidos através da distribuição agressiva de amostra grátis, seja elas em sachês ou miniaturas”.

Produzidos em pequenas quantidades, sachês não são privilégio das grandes marcas

Além de eficiente ferramenta de marketing, o executivo destaca o diferencial da embalagem graças à presença do alumínio, que garante barreira contra a luz e evita a perda de produto, impedindo-o de atravessar a embalagem. “Envasado em sachê composto apenas de polietileno e poliéster, em um ano, há perda de 5% de líquido”, explica.

Há uma década, a tecnologia passou a ser mais acessível às pequenas e médias indústrias de cosméticos. “Quando fundamos a Artpack, em 2017, o setor contava com empresas que forneciam sachês em apenas grandes quantidades, de 30 a 100 mil unidades. Passamos a oferecer lotes de no mínimo 3 mil, utilizando maquinário apropriado para pequenas quantidades. Começamos com 10 clientes e hoje atendemos cerca de 250 empresas”, conclui Souza.

img-ext-mat-shelf-life-jul2018

Na Europa, embalagem prolonga shelf life de aves refrigeradas

Embalado a vácuo, frango pode ser assado diretamente em bandeja de alumínio

Para evitar o desperdício de alimentos, frequentemente associado a níveis mais altos de produção, como no caso da carne de frango que atingiu na Grã-Bretanha 182,2 mil toneladas em 2017, um aumento de 1,4% em relação ao ano anterior, empresas europeias investem no desenvolvimento de embalagens de alumínio capazes de prolongar o shelf life dos alimentos e oferecer mais conveniência ao consumidor.

Com o objetivo de atender essas necessidades, a Advanta, com sede no Reino Unido, desenvolveu para os  processadores de frango europeus uma embalagem que combina proteção do alimento e praticidade ao consumidor. Na nova solução, a ave é comercializada inteira em uma bandeja de alumínio pronta para cozinhar, bastando retirar o filme plástico que a envolve.

O porta-voz da empresa, Miguel Campos, explica que a “ave é embalada a vácuo na bandeja de alumínio, eliminando o oxigênio e, portanto, aumentando a vida útil das aves refrigeradas em até 300%. Os varejistas e os fabricantes estão cada vez mais optando por esse tipo de embalagem, porque os produtos com prazo de validade mais longo resultam em redução do desperdício da cadeia de suprimentos”.

Embalagem aumenta a vida útil das aves refrigeradas em até 300% e bandeja de alumínio suporta temperaturas que variam de -40°C a 400°C

Segundo a empresa, tanto a demanda do consumidor por conveniência quanto as exigências dos varejistas por prazos mais longos têm redirecionado as prioridades das embalagens para aves. “Como o consumo continua a crescer, novos conceitos são necessários para garantir que a embalagem seja adequada.  Independente da qualidade ou sabor de um produto, a embalagem sempre terá um impacto significativo sobre o consumidor”, afirma Campos.

A nova solução permite que a ave seja cozida diretamente na bandeja de alumínio que suporta temperaturas que variam de -40°C a 400°C, permanecendo inquebrável.  Também é 100%  reciclável, oferecendo uma opção mais ecológica, ao contrário das alternativas de bandejas plásticas ou de isopor.

img-ext-mat-curso-jul2018

ABAL oferece curso gratuito a distância sobre embalagens

O encontro acontece em 17 de agosto via web e as inscrições podem ser feitas por telefone ou e-mail

Com o objetivo de apresentar aplicações, novidades e tendências em embalagens de alumínio a profissionais e estudantes, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) promove o curso “Alumínio na Indústria de Embalagens Flexíveis e Rígidas”. O encontro acontece no dia 17 de agosto e será transmitido ao vivo via web, com total interatividade.

Os interessados podem se inscrever e assistir do próprio computador ou solicitar à empresa onde trabalha ou  à  instituição de ensino que organize um grupo para acompanhar de um telão. As vagas são limitadas e os pontos serão disponibilizados de acordo com a ordem cronológica das inscrições. O link de acesso será enviado pela ABAL após a confirmação da inscrição.

O curso será ministrado por Luiz Ranchin. Engenheiro Mecânico pela Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes em Santos-SP e pós-graduado em Administração de Empresas pela ESAN/FEI. Há 14 anos atua na CBA nas áreas técnica / comercial, dando suporte na aplicação e utilização de folhas de alumínio em embalagens flexíveis e descartáveis.

O curso é gratuito e as inscrições devem ser feitas na área de Eventos ABAL.
Tel: 11 5904-6450 – leandroalves@abal.org.br

img-ext-premio-alufoil-jul2018-02

Alufoil Trophy 2018 recebe inscrições até 15 de agosto

Premiação, promovida pela ABAL na América Latina, reconhece inovações da aplicação de folha de alumínio em embalagens

As inscrições para o  Alufoil Trophy | América Latina 2018 estarão abertas até 15 de agosto, para a participação de fabricantes, conversores, fornecedores de materiais, detentores de marcas, designers e grupos de consumo, bem como fabricantes de produtos industriais.

Neste ano, a Associação Brasileira do Alumínio (ABAL) traz para a América Latina o Alufoil Trophy, promovido na Europa pela  European Aluminium Foil Association (EAFA), com o apoio da Global Aluminium Foil Roller Initiative (GLAFRI). A premiação tem como objetivo reconhecer  inovações e soluções que contenham folhas de alumínio como parte de um laminado, estrutura ou sistema de embalagem e fechamentos (tampas).

As três categorias da competição cobrem as áreas mais importantes da fabricação de folhas de alumínio e suas aplicações: Marketing, Design e Conveniência do Consumidor, Eficiência de Recursos e Inovação e Proteção do Produto.

Faça sua inscrição online clicando aqui .

img-ext-cerveja-becks

Cervejaria alemã lança bebida em taça de alumínio

Inovação favorece consumo de cerveja em lata em eventos e festas

A Beck’s, marca alemã de cerveja da AB InBev, em parceria com a agência Serviceplan, aproveitou a flexibilidade do alumínio para lançar uma inovadora embalagem de cerveja: latinha em formato de taça  de champanhe, em alumínio escovado com gravação a laser e analógica para compor o rótulo.

O objetivo da inovação é levar a cerveja em lata para locais onde não é tradicionalmente consumida, como galerias de arte, concertos de música clássica e outros eventos na Alemanha.

Devido à boa aceitação, a Beck’s deverá lançar as taças de alumínio para cervejas em todo o mundo.

img-ext-mat-pilao

Pilão adota cápsulas de alumínio para novos sabores de café

Tecnologia de embalagens de alumínio aprimora extração do café espresso em máquinas

Depois de lançar o primeiro café monodose em cápsulas de alumínio comercializado  em supermercados , da marca L’Or , a Jacobs Douwe Egberts (JDE) Brasil disponibiliza no mercado nacional o café Pilão na mesma embalagem.

A substituição das cápsulas de plástico pelas de alumínio faz parte da estratégia da empresa. “Com essa novidade estamos promovendo uma experiência mais democrática para o consumidor. Nos preocupamos sempre em trazer uma qualidade superior e Pilão Cápsulas de Alumínio traduz esse cuidado no café para o dia a dia”, diz Débora Bertolozzi, Gerente de Marketing da JDE Brasil.

Novos produtos combinam grãos arábica e robusta

Segundo a JDE, a tecnologia aplicada nas novas cápsulas de alumínio, importadas da França, traz uma melhor forma de extração do café espresso em máquinas, mantendo a qualidade da bebida por muito mais tempo e conservando os mais delicados aromas da bebida.

A nova linha de Pilão traz um portfólio de produtos desenvolvidos com cafés que combinam grãos arábica e robusta. As cápsulas já estão disponíveis nos supermercados em cinco versões de sabores e intensidades, em embalagens de 10 e 20 unidades.

img-ext-mat-reciclagem-novelis

Novelis amplia rede de coleta para reciclagem de alumínio

Novo centro tem sede em Minas Gerais e é o nono da empresa no Brasil

A Novelis expande sua rede de compra de material para reciclagem e inaugura seu nono Centro de Coleta com sede em Uberlândia, Minas Gerais. Na unidade, serão feitos os trabalhos preliminares de limpeza, prensagem, paletização e montagem dos fardos de sucata.

A empresa conta com uma unidade de negócios exclusivamente focada na expansão da compra de latas de alumínio pós consumo em centros de coleta espalhados pelo País: Salvador (BA), Recife (PE), Juiz de Fora (MG), São Paulo (capital), Pindamonhangaba (SP), Campinas (SP), Sertãozinho (SP) e Ananindeua (PA).

A ampliação tem o objetivo de aproximar a empresa de pequenos fornecedores de latas de alumínio

A abertura do novo centro de coleta fortalece a participação da Novelis no mercado de reciclagem de alumínio no Brasil. “Com a ampliação da capilaridade dos nossos centros de coleta, conseguimos nos aproximar dos pequenos fornecedores e cooperativas da região, o que facilita a compra de latas soltas e material prensado em pequenos volumes”, diz Carlos Morais, diretor de Suprimento de Metal da Novelis.

A empresa alcançou no ano fiscal 2018 a marca de 57% de insumos provenientes da reciclagem no total da sua produção global. “A capacidade de processamento de sucata da Novelis no Brasil é de 390 mil toneladas de alumínio por ano e acreditamos que, com a conscientização da população em relação à importância da reciclagem e desenvolvimento do mercado de alumínio no País, a tendência é que nossa capacidade continue crescendo”, conta Morais. Até o final do ano, a Companhia deve inaugurar outros 2 centros de coleta.

img-ext-mat-ades-jun2018

Cartonadas assépticas são aliadas de novas bebidas vegetais

Marca AdeS opta pela embalagem longa vida para ampliar portfólio de sabores

A Coca-Cola Brasil optou pela embalagem cartonada asséptica de 1 litro para ampliar o portfólio de bebidas vegetais da marca AdeS. A proteção oferecida pela embalagem longa vida, devido à presença do alumínio, somada ao tratamento térmico e ao envase asséptico, garante a qualidade da bebida por um período mais longo, além de não incorporar oxigênio no envase, o que impede a oxidação do líquido.

Criada pela agência Geometry Global, a embalagem traz um novo visual. A principal mudança do rótulo foi dar mais destaque aos ingredientes, para que as pessoas tenham mais clareza sobre o produto. Segundo a empresa, a modernização tem o objetivo de sair de uma visão apenas de soja para uma marca com múltiplos ingredientes. “A AdeS, que sempre significou Alimento de Soja, agora passa a ser Alimento de Semente, e vamos oferecer cada vez mais opções nesse caminho,” diz Pedro Massa, diretor de Novos Negócios da Coca-Cola Brasil.

Os novos produtos de vegetais da marca são AdeS amêndoas, AdeS amêndoas com baunilha e AdeS coco.

img-ext-mat-cosmeticos-28mai2018

Cosméticos têm a proteção das folhas de alumínio

Bisnagas laminadas garantem proteção  às características físico-químicas dos produtos envasados

“A Bemis fornece bisnagas laminadas (ABL) compostas por folhas de alumínio e resinas plásticas. Neste tipo de embalagem utilizamos a folha de alumínio para garantir barreira superior mantendo, assim, as características físico-químicas do produto envasado”, afirma Antonio Ponce, gerente de Marketing de Produto da Bemis, ao comentar  o desenvolvimento pela empresa das embalagens para a linha Match, de O Boticário.

A Bemis também fornece ao mercado de cosméticos as bisnagas do tipo PBL, compostas exclusivamente de resinas plásticas  que possuem propriedades de barreira, porém em menor nível que a ABL, segundo Ponce.

Segundo o gerente, o prazo de validade dos produtos depende não só do tipo de embalagem utilizado mas, também, do produto envasado. “Portanto, cada aplicação deve ser avaliada afim de encontrarmos a solução mais viável aos nossos clientes relacionados aos aspectos técnico e econômico”, explica.

Bemis produz 500mil unidades/mês de embalagens para a linha Match, de O Boticário  

A fabricante de embalagens informa que a bisnaga laminada desenvolvida para a linha Match possibilita ótima qualidade de impressão, garante grande variedade de características de decoração e design e diminui o risco de descascamento da tinta com apelo metalizado. Além disso, assegura a empresa, a embalagem de Match garante 100% da utilização do produto, ou seja, nenhum resquício do produto fica preso à embalagem.

A produção mensal das embalagens do shampoo e condicionador Patrulha do Frizz, Respeito aos Cachos e Fonte de Hidratação chega a 500mil unidades. Além da linha Match, a Bemis é responsável pela produção de outras embalagens da marca O Boticário.