Sem crise, para bebida natural em caixinha

Preferência por produtos saudáveis favorece mercado de sucos, água de coco e chás embalados em cartonadas assépticas, apesar do cenário econômico negativo

O Brasil é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis, com volume de vendas de US$ 27,5 bilhões em 2015, segundo levantamento da Euromonitor. E a crise econômica de 2016 não afetou o consumo de produtos da categoria, segundo pesquisa realizada pela Nielsen. O levantamento mostra que, com uma população mais preocupada com a saúde e o corpo, algumas categorias conseguem reverter o cenário negativo e crescem mesmo sendo mais caras, como água de coco, suco e chá pronto.

Pesquisas mostram que a utilização de aditivos não naturais ganha extrema importância para os consumidores, sendo um fator impeditivo para a compra. Segundo estudo global do Instituto TNS, no topo da lista de rejeições dos consumidores estão os conservantes, os corantes e os edulcorantes artificiais.

“Aumenta procura por produtos sem conservantes e com pouco açúcar”

O cenário apontado pelos diferentes estudos favorece marcas de sucos naturais embalados em cartonadas assépticas, que protegem as bebidas sem conservantes de deterioração, prolonga o shelf life dos produtos e atendem ao crescente consumo de embalagens individuais e em lugares públicos. Segundo pesquisa Nielsen, na grande São Paulo, o consumo fora do lar chega a 72% para água de coco, 36% para suco pronto e 39% para chá pronto.

“Cada vez mais, a nova geração está preferindo bebidas mais naturais sem adição de açúcares”, reforça  Marcos Leta, idealizador e fundador da Do Bem, que, ao garantir que  a composição dos sucos de frutas da marca é 100% natural, ressalta a importância da embalagem para os produtos considerados de categoria saudável. “Além da conservação da bebida, é uma embalagem que favorece a venda porque consegue estar em mais lugares, do supermercado à padaria, impulsionando a experiência”, avalia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *