SAVE FOOD

As embalagens de alumínio são fortes aliadas da campanha global Save Food. Fruto de uma parceria entre a Organização das Nações Unidas (ONU) e a companhia alemã Messe Düsseldorf, desde 2011 a iniciativa busca estimular a redução dos índices de desperdício de alimentos.

img-sustentabilidade-03De acordo com o programa Save Food, 1,3 bilhão de toneladas de comida são desperdiçadas a cada ano, cerca de 30% do alimento produzido globalmente. Mantendo o atual ritmo de crescimento demográfico e de descarte impróprio, em 2050 será necessário aumentar a produção mundial de alimentos em cerca de 70%.

Entre as principais razões para o desperdício estão questões relacionadas a colheita, transporte e armazenamento. Enquanto 30% do alimento fresco vai para o lixo, 10% dos alimentos embalados são desperdiçados.

Ciente da importância da participação das embalagens de alumínio no combate ao desperdício, a Associação Europeia de Folha de Alumínio (Eafa, na sigla em inglês) participa da campanha Save Food para incentivar o uso da folha de alumínio, que contribui para a conservação dos alimentos ao ser aplicada na produção de embalagens flexíveis, descartáveis, latas e tampas de bebidas.

O aumento do tempo de prateleira de alimentos perecíveis constata a funcionalidade das embalagens de alumínio para evitar o desperdício, já que o tempo de validade pode duplicar ou até triplicar, em comparação a outros materiais.

img-sustentabilidade-04O leite em embalagem cartonada asséptica (longa vida), revestida de alumínio, é um exemplo consagrado. O produto é transportado por longas distâncias e armazenado por no mínimo  seis meses, sem refrigeração. Outro exemplo é a conservação das características, nutrientes e qualidade de cafés (grão e solúvel), molhos e chocolates acondicionados em embalagens flexíveis.

Quanto a bebidas, segundo a Eafa, também está comprovada a eficiência do uso do metal. Pesquisas mostram que o suco de laranja embalado com a caixa cartonada revestida de alumínio dobra o tempo de prateleira, mantendo a concentração de vitamina C;  e o uso da tampa de alumínio  resulta em uma taxa de perda 10 vezes menor de vinho, em relação a outros tipos de lacre, durante o transporte da vinícola até o consumidor.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *