RECICLAGEM DE LATAS PARA BEBIDAS

A reciclabilidade é um dos atributos mais importantes das latas de alumínio para bebidas, devido ao alto consumo e ciclo de vida muito inferior ao dos outros produtos fabricados com o metal. No Brasil, em cerca de 30 dias, uma latinha de alumínio pode ser comprada no supermercado, utilizada, coletada, reciclada e voltar às prateleiras para o consumo.

Há anos o Brasil destaca-se como líder mundial de reciclagem de latas para bebidas. Em 2014, o País bateu novamente o recorde mundial com o índice de 98,4% , acima de EUA,  Japão e Europa. Foram recicladas no ano passado 22,9 bilhões de embalagens, o que corresponde a 62,7 milhões/dia, ou 2,6 milhões/hora.

img-sustentabilidade-05

Vários fatores interferem na conquista dessa liderança: mercado de reciclagem estabelecido em todas as regiões do País, facilidade de coleta, transporte e venda, alto valor da sucata de alumínio e grande disponibilidade das latas de alumínio.

Além dos benefícios sociais e econômicos – apenas a coleta gera milhares de empregos e injeta milhões de reais na economia nacional -, a reciclagem favorece o meio ambiente. A reciclagem consome apenas 5% de energia elétrica, quando se compara ao processo de produção do metal primário. Isso significa que, ao substituir um volume equivalente de alumínio primário, a reciclagem das 289,5 mil toneladas de latas em 2014 proporcionou uma economia de 4.250 GWh/ano ao país, número equivalente ao consumo residencial anual de 6,6 milhões de pessoas, em dois milhões de residências.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *