Projeto da Tetra Pak forma agentes socioambientais

O Recicla Cidade capacita trabalhadores de cooperativas para estimular conscientização ambiental da população

Para incentivar a reciclagem de embalagens, a Tetra Pak adota o caminho da conscientização. Com o projeto Recicla Cidade, a empresa busca empoderar trabalhadores de cooperativas de materiais recicláveis e destacar a importância econômica, social e ambiental da reciclagem.

A proposta é baseada na capacitação dos cooperados para que sejam agentes de transformação socioambiental.  Após treinamento, os participantes começam a atuar junto a estabelecimentos comerciais, escolas e moradores. Ou seja, eles vão a campo para estimular a conscientização ambiental da população e, consequentemente, a destinação adequada dos resíduos sólidos.

Além de capacitação dos cooperados, a iniciativa  envolve etapas como o diagnóstico da cidade e da cooperativa, evento de abertura, mobilização de diferentes stakeholders e ações de sensibilização na região.

“Empresa quer dar visibilidade a trabalhadores de cooperativas”

“Há mais de 20 anos desenvolvemos iniciativas socioambientais e percebemos que ainda existe um estigma em torno das cooperativas e seus trabalhadores, o que os torna socialmente invisíveis. Com esse projeto, buscamos não somente aumentar o volume e a qualidade dos materiais coletados na região, mas também empoderar e dar visibilidade a uma categoria com enorme potencial para promover transformações”, comenta Valeria Michel, diretora de Economia Circular da Tetra Pak para as Américas.

Segundo a empresa, em 2018, o projeto piloto desenvolvido no bairro do Jabaquara, em São Paulo, contribuiu para uma ampliação de 44% no volume de materiais recicláveis coletados. O resultado ultrapassou a meta desejada de aumento de 20% do volume de resíduos recicláveis destinados à cooperativa local. Neste ano, o projeto foi implantado aos cooperados da Cotmap, localizada em Piedade (SP), em parceria com a ONG Espaço Urbano.