Embalagens recicláveis influenciam compras

Pesquisa aponta produção de resíduos e reciclagem como pontos críticos para consumidores

As embalagens influenciam a decisão de compra no Brasil, com maior ou menor frequência, em 99% dos casos. Para 32% dos consumidores essa influência é constante e, para 41,75%, é frequente. O volume de resíduos gerado pelas embalagens e a reciclagem são pontos críticos de sua utilização. Esses dados fazem parte da pesquisa realizada junto a 400 consumidores pela Two Sides, organização sem fins lucrativos com atuação em cinco continentes, que aborda questões relativas ao mercado de produtos impressos em papel.

“As embalagens são fundamentais em todos os setores de atividades e um termômetro da economia. Por isso, buscamos avaliar a percepção do consumidor brasileiro quanto a sua relevância e finalidade, sua destinação pós-consumo e os impactos ambientais decorrentes dela. A relevância das embalagens para a decisão de compra tem direcionado a indústria a aperfeiçoar cada vez mais os materiais e a tecnologia empregados na fabricação desses produtos”, diz Fábio Mortara, presidente da Two Sides Brasil.

“Consumidor valoriza diferencial de proteção do produto”

As características das embalagens que mais influenciam as compras, de acordo com a pesquisa, são sua capacidade de proteger o produto – na opinião de 64% dos entrevistados -, as informações que elas trazem – segundo 52% deles – e a facilidade de abertura ou fechamento é ponto relevante para 47% dos entrevistados. O tamanho das embalagens – mais especificamente, aquelas de menor dimensão -, assim como sua aparência e a matéria-prima utilizada em sua confecção, também são fatores levados em consideração pelos consumidores no momento da compra.

O levantamento revela ainda que 32% dos entrevistados apontam o plástico como o material menos amigável ao meio ambiente, seguido pelo vidro (28%),   metal (24%) e papel (23%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *