CICLO DE VIDA DA LATA PARA BEBIDAS

A reciclagem da lata de alumínio para obtenção de uma nova embalagem reduz em 70% as emissões de C02 e 71% o consumo de energia, entre outros benefícios, em relação à lata fabricada apenas com alumínio primário obtido a partir da extração da bauxita.

A confirmação dessas vantagens ambientais da embalagem integra os resultados da Análise do Ciclo de Vida (ACV) da lata de alumínio para bebidas realizada pelo Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea), em parceria com a Associação Brasileira do Alumínio (Abal) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas).

A ACV possibilita traçar o perfil ambiental de um produto de forma abrangente, enfocando todas as etapas do seu ciclo de produção, uso e disposição final e os diferentes aspectos ambientais. O estudo quantifica toda a necessidade de materiais, água e energia, bem como as emissões para o ar e para água e a geração de resíduos sólidos, desde a extração dos recursos naturais até a disposição final.

O Cetea analisou diversos aspectos do ciclo de vida da lata, considerando o impacto em cada fase da sua produção – extração da bauxita, produção do alumínio primário e da chapa de alumínio e fabricação da lata e de sua tampa – além do consumo de energia elétrica e de combustível no processo produtivo e no transporte. Da cadeia de reciclagem foram considerados dados de coleta, transporte da lata pós-consumo (sucata) e processo de reciclagem.

CADEIA-produtiva-01

A partir dos dados coletados, foi possível retratar três cenários para a produção de latas e tampas de alumínio:

  • utilizando apenas metal primário (0% reciclagem);
  • produção com 50% de metal primário e 50% de metal reciclado;
  • produção com 2% de metal primário e 98% de reciclado (índice brasileiro de reciclagem de latas de alumínio para bebidas de 2011), considerando que o total reciclado substitui volume equivalente de alumínio primário.

A tabela abaixo mostra como o aumento do material reciclado melhora os parâmetros de importantes variáveis ambientais:

CADEIA-produtiva-01

A comparação entre os cenários evidencia os benefícios do uso de material reciclado na composição da lata de alumínio.

Com o aumento da taxa de reciclagem, o consumo de energia, de água e de recursos naturais diminui significativamente. A emissão atmosférica também é menor, bem como a chamada “pegada de carbono” (redução de CO2 eq), provando que a reciclagem contribui para a redução do aquecimento global.

 

Um comentário sobre “CICLO DE VIDA DA LATA PARA BEBIDAS

  1. Carlos Eduardo Dantas disse:

    Agradeço a publicação sobre o “ciclo de vida da lata para bebidas”…a reportagem apenas confirma que o alumínio é o mais reciclável dos metais em razão da tecnologia “fácil” de fusão.

Deixe um comentário:

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *