Dadinho mantém tradição de embalagem há 60 anos

Doce de amendoim lançou a embalagem metalizada no Brasil, em comemoração ao IV Centenário da cidade de São Paulo

 Há mais de seis décadas, o Dadinho acompanha gerações de consumidores de doces. Lançado em janeiro de 1954, surgiu em homenagem ao aniversário do IV Centenário da cidade de São Paulo. Em formato de dado e feito à base de amendoim, o Dadinho inovou ao lançar a primeira embalagem prata metalizada do país. E por coincidência, ou não, as comemorações dos 400 anos de São Paulo foram marcadas por uma chuva de prata de papéis quadriculados jogados do céu por aviões.

img-interna-dadinho

Lançado com o nome IV Centenário, o doce produzido pela empresa Dizioli passou a chamar Dadinho, apelido dado pelos consumidores, devido ao seu formato, e posteriormente adotado pela empresa. Hoje fabricado pela Bono Gusto, o Dadinho mantém a mesma embalagem do lançamento, devido às propriedades do alumínio.

“Há seis décadas a embalagem de alumínio ajuda a aumentar o tempo de validade do Dadinho” 

Além da estética, a empresa justifica a utilização da embalagem metalizada tradicional: “Queremos garantir a integridade do produto. O alumínio é uma verdadeira barreira contra luz, oxigênio, umidade, odor e impurezas externas, o que evita contaminação e aumenta a vida útil do produto”, explica Anderson Siqueira, diretor de Marketing da Bono Gusto.

Destaque mundial para aerossóis inovadores

Premiação internacional destaca soluções que impedem a falsificação e reduzem custos de produção de tubos de alumínio

img-interna-aerossol-02

Uma solução inteligente contra a falsificação de produtos envasados em tubo aerossol de alumínio foi a vencedora do prêmio internacional Aerosol Award Can 2016. O destaque do concurso promovido anualmente pela Aerobal (Organização de Produtores Internacionais de Recipientes de Aerossol de Alumínio) ficou com a embalagem do desodorante She is a Clubber , desenvolvida pela empresa turca Aryum.

A inovação está na técnica de impressão da embalagem, que traz a marca do produto na parte frontal e no verso impressa em alto relevo, envolvendo toda a forma cilíndrica da embalagem. Segundo os organizadores do prêmio, a solução alia conceitos eficientes de exposição da marca nos pontos de vendas e de segurança ao fabricante. A Hunca Cosméticos, proprietária da marca, é uma das principais empresas do segmento na Turquia e no Oriente Médio e vem alcançando significativos resultado no combate às falsificações de produtos.

img-interna-aerossol-01

A Tubex alemã também teve destaque no Award Can 2016. A fabricante de tubos aerossóis de alumínio apresentou o primeiro recipiente que não exige revestimento de verniz, interno e externo. O aerossol, apresentado ao mercado com o nome Purity, é considerado revolucionário, pois reduz o processo de produção, o investimento em equipamentos e a emissão de CO2 no meio ambiente.

Os dois vencedores, segundo Gregor Spengler, secretário-geral da Aerobal, exemplificam a importância do prêmio, do qual participaram 70 concorrentes. Para Spengler, as inovações confirmam que o prêmio, além de ser um termômetro do nível de qualidade dos aerossóis, traz tendências que atendem necessidades contemporâneas do mercado, como o combate à pirataria e a otimização da produção das embalagens.

Superbom amplia portfólio com sucos em caixinha

Empresa opta pelas cartonadas assépticas para impulsionar participação no segmento de bebidas

As embalagens cartonadas assépticas são aliadas em estratégias de ampliação de mercado para fabricantes de bebidas sem conservantes. Entre eles está a Superbom, que comercializa em todo o país sucos de frutas naturais envasados em caixas longa vida.

“Embalagens dispensam conservantes,
são inquebráveis e facilitam o transporte para todo o país”

Ao justificar a opção, Cristina Ferreira, gerente industrial da Superbom, destaca que esse tipo de embalagem facilita o acesso a estabelecimentos que não podem trabalhar com embalagens quebráveis. A gerente cita o exemplo das escolas e destaca os diferenciais das cartonadas assépticas: “São modernas, práticas e atendem os mais variados pontos de vendas, devido sua versatilidade e facilidade de conservação do produto”, opina.

A linha de sucos Glug’s Superbom, segundo Cristina, não contem aditivos químicos ou conservantes. Os aromas utilizados nas formulações são naturais e não contêm corantes artificiais. A gerente explica que os sucos são focados, em especial, no público infantil, com o objetivo de oferecer uma opção de bebida saudável.

As cartonadas assépticas  garantem a conservação natural dos sucos, devido à presença do alumínio em sua composição,  e a disponibilidade em todo o país, pois dispensam sistemas de transporte e conservação diferenciados.

“Esse tipo de ambalagem ainda facilita a criação do design,  pois tem um ótimo painel frontal, mantendo uma excelente comunicação com o consumidor. Podemos explorar a embalagem como um todo, o que proporciona ótima comunicação visual nos pontos de vendas”, conclui.

A linha glug’s é comercializada em embalagens de 200ml, nos sabores Maracujá, Uva, Maca, Pêssego e Tangerina.

Sachê inova embalagens de cosméticos e cremes

Bolsa de alumínio plana transportável protege produtos de cuidados pessoais, valoriza marcas e traz praticidade aos consumidores

A indústria de produtos de cuidados pessoais acaba de ganhar uma opção inovadora de embalagem flexível para envasar cosméticos, protetor solar, cremes para cabelos, corpo e mãos e gel antisséptico. A Aptar, distribuidora de embalagens para os mercados de beleza, cuidados pessoais e com a casa, acaba de lançar o Proteo, um sachê transportável com tampa acionada no sistema vaivém. Com capacidade de conteúdo de 40ml a 60 ml, a bolsa de alumínio plana, que contém fecho rígido de polipropileno, garante barreira segura contra luz e gases e traz comodidade aos consumidores.

img-interna-saches-cosmeticos-cremes

Com design moderno, o Proteo pode ser levado para qualquer lugar, além de ser fácil de abrir e fechar. “O sachê permite o fechamento seguro da embalagem após o uso, é dobrável e pode ser utilizado até a última gota, sem desperdício dos produtos. A inovação atende a demandas dos consumidores, detectadas em pesquisa, que apontou a necessidade de uma embalagem alternativa aos frascos de maior volume que dificultam o uso de produtos de cuidados pessoais fora de casa”, explica Mirelle Orpinelli, coordenadora de mercado da fabricante.

Além de atributos como alta proteção às propriedades de produtos vulneráveis à ação ambiente de áreas de armazenamento e exposição em pontos varejistas, Mirelle destaca a adequação do Proteo a iniciativas promocionais, pelo fato de a embalagem aliar dimensões reduzidas a amplos espaços (na frente e no verso) para divulgação da marca e inserção de instruções aos usuários.

Devido à flexibilidade e leveza, propriedades oferecidas pelo alumínio, toda a cadeia de suprimentos é impactada de forma sustentável, já que o sachê Proteo exige menor espaço para armazenamento e reduz o custo de transporte.